terça-feira, 16 de fevereiro de 2010

A validade dos sonhos


Os sonhos têm prazo de validade. Devíamos sabê-lo quando começamos a construir castelos, a erguer paredes com a pedra da ilusão, incansavelmente, o coração persistente sorrindo feliz dentro de um peito imune à dor. Porque depois, algures pelo caminho, os sonhos começam a tombar da árvore da vida, apodrecidos pelo tempo e pelos vendavais dos dias e desfazem-se na terra que nos suporta os passos. Um por um caem como aves cansadas, aflitas às cegas nos céus da desilusão, exaustas de vôos que não as levam a ninho algum. Devíamos saber. Não que isso mudasse alguma coisa, não deixaríamos de sonhar. Mas deveríamos saber, quando cheios de coragem abraçamos um sonho, que algures, inevitavelmente, uma ampulheta começou a contar os segundos para a queda.
Alguém nos devia contar que os sonhos, como as flores, têm prazo de validade.

12 comentários:

Delirius disse...

Têm prazo de validade, os sonhos...!
Nunca tinha reparado nisso, sabias?!
É que assim que um tomba e teima em não mais acordar, trato logo de semear outro...;))
Gostei daqui:))
Beijo.

SRRAJ disse...

"Os velhos sonhos eram bons sonhos. Não se concretizaram, mas fico feliz por tê-los tido."
in "As Pontes de Madison County

Lídia Borges disse...

Esperei no escuro ao frio, ao vento, mas nenhum fruto amadureceu...
Pus-me então a embalar o sonho apertado nos meus braços como se fosse um poema morto.

Lídia Borges

Beijo meu!

Ana disse...

As tuas palvras leram os meus sentimentos.

Bj com carinnho,
M.C.

De Profundis disse...

Delirius, essa é uma óptima estratégia de vida :)
Obrigada pela visita, volta sempre.
Beijinho

De Profundis disse...

Sabes, SRRAJ, "As Pontes de Madison County" são um dos meus livros e filmes preferidos... De uma comoção enorme, mas a provar que há, (ainda há), amores indestrutíveis.
Obrigada pelas palavras e pela visita, volta sempre que queiras.

Beijinho

De Profundis disse...

Embalar um sonho nos braços... é tão bonito, Lídia.
Um beijo, querida :)

De Profundis disse...

Às vezes isso acontece com os amigos...
Um beijo, Ana :)

P.S.- Tinha saudades tuas.

H. disse...

Sinto-te triste, Princesa...
O meu beijo

De Profundis disse...

:) Não te preocupes Henrique, é só impressão tua.

Um beijo

quicas disse...

Como diz a Lídia, os sonhos querem colo! Embalados com carinho, não vão morrer antes de nós... basta estarmos acordados!
Tampouco envelhecem!...
Bj

De Profundis disse...

Mas às vezes roubam-nos, Quicas. Arrancam-nos dos braços os sonhos mais frágeis... e os mais bonitos.

Um beijo