sexta-feira, 26 de fevereiro de 2010

Cansaços


Hoje tropecei num coração. Estava caído, pulsando devagar e brilhava muito como um anjo molhado... Tinha tombado dum peito qualquer, talvez uma dor maior o tivesse arrancado do lugar onde morava. Era um coração magoado, tinha as marcas da tristeza arranhadas nas paredes vermelhas e bombeava cansaços infinitos, muito baixinho, quase sem se fazer ouvir... Virei-lhe as costas, deixei-o lá ficar, rasgado ao meio, desfazendo-se lentamente sob a chuva triste... E fiquei a pensar de quem seria o coração moribundo...
Fiquei a pensar... quem entrará hoje em casa, com o peito vazio?

10 comentários:

Flor disse...

Lindo!

De que estás à espera, para escrever um romance?

Bom Fim de Semana
Beijinhos

De Profundis disse...

...das palavras, Flor. Estou à espera das palavras... e da coragem.
Obrigada pelo teu carinho.

Beijinho e bom fim de semana :)
(apesar deste longo inverno...)

quicas disse...

Triste peito esse, esvaziado!...
Pobre coração esse, enjeitado, tentando lavar mágoas sem fim à chuva, triste também, porém "brilhando como um anjo molhado"... - quem sabe, esperança no fim da tempestade!

De Profundis disse...

Nenhuma tempestade é eterna... e nenhuma bonança é infinita...
Um beijinho, Quicas :)

a question of balance disse...

fizeste mal ao não ter apanhado esse coração, ao não ter acariciado o seu brilho, ao não ter afagado as suas mágoas.
fizeste mal ao não lhe ter soprado alento nos seus cansaços, ao não ter cosido o seu rasgão.

um dia alguém poderá encontrar assim o teu coração.

De Profundis disse...

a question of balance, tens razão. Se calhar era eu que tinha o peito vazio... sem saber.Se calhar aquele coração era o meu... e eu não o reconheci.

Obrigada pela visita, volta sempre :)

RENATA LORENA. disse...

Todos nós, nem que seja por uma única vez, já entramos em casa com o peito vazio...
Então faz-se noite, faz-se dia e lá estamos novamente fazendo deste vazio um lugar habitável.
Bjs em tua linda alma.

De Profundis disse...

Obrigada pela visita, Lorena.
Volta sempre :)

Beijinho

Emoções disse...

A vida é feita de momentos como esse do "coração despedaçado" que encontraste.
Mas são estes que nos fazem crescer e dar valor a pequenas coisas que nos fazem felizes.

Quem escreve assim só pode ser uma pessoa feliz! Tu és!

De Profundis disse...

Obrigada pelas palavras, Emoções.
Um beijinho :)