domingo, 14 de fevereiro de 2010

Amor é...


Porque hoje se celebra o Amor. E porque não conheço palavras mais belas do que estas.

Amor é um fogo que arde sem se ver,
é ferida que dói e não se sente;
é um contentamento descontente,
é dor que desatina sem doer.

É um não querer mais que bem querer;
é um andar solitário entre a gente;
é nunca contentar-se de contente;
é um cuidar que se ganha em se perder.

É querer estar preso por vontade;
é servir a quem vence o vencedor;
é ter, com quem nos mata, lealdade.

Mas como causar pode seu favor
nos corações humanos amizade,
se tão contrário a si é o mesmo Amor?

Luís de Camões, Obra poética

4 comentários:

António Gallobar disse...

Melhores palavras seriam impossiveis... Parabens gostei

Lídia Borges disse...

Não conheces tu nem eu...

Essas são as palavras MAIORES para dizer o AMOR.
Não fossem elas do Maior Poeta de todos os tempos - CAMÕES.

Um beijo

De Profundis disse...

Obrigada António.
:)

De Profundis disse...

Não fossem as palavras de Camões o rosto das minhas inquietudes e deste blog. Ele é O Poeta. E está tudo dito.

Um beijo Lídia, até amanhã.
:)