quarta-feira, 18 de maio de 2011

Algo estúpido

Por vezes não dizemos. Porque achamos que o outro já sabe... Porque nos parece evidente que assim seja... Ou só porque nos parece ridículo repeti-lo todos os dias. Mas sabes, não queria deixar terminar o dia neste siêncio, sem te dizer que te amo... Sem te repetir o quanto te amo. Deixar que isso acontecesse, teria sido uma coisa muito estúpida.


2 comentários:

manuela barroso disse...

E é tão pertinente dizer, repetir, voltar a dizer...estou aqui! embora pareça ridículo...são as "cartas de amor...ridículas..."!
Abraço

De Profundis disse...

São as cartas de amor, sim. Quem não as escreveu nunca? Quem não se arrependeu já de não as ter escrito um dia?

Um abraço, Manuela. Obrigada pela visita e pelas palavras :)