sexta-feira, 4 de dezembro de 2009

Post secret


- Porquê?
- ... Porque às vezes escorrego para dentro de mim, deixo-me cair num daqueles desfiladeiros que existem no meu peito... e a queda arranha-me os sonhos, rasga-me as emoções em pequenos pedaços de uma dor escura... E às vezes perco-me, sabes? Engano-me na rota traçada, perco-me no meu marear em dias de oceanos revoltos que me obrigam a naufragar algures, cá dentro, nos lugares do coração... Porque às vezes só há silêncio, ecoando assustador como uma infinita noite de insónia... e a névoa salgada nos meus olhos cega-me, impede-me de descobrir a saída... uma saída. Porque às vezes tropeço nos meus próprios passos e tombo como ave ferida num voo audaz, embrulhada num cansaço frio que não te sei contar, presa a um desânimo sem fim... Porque sou humana. E imperfeita. E às vezes caio.

6 comentários:

Kleine Hexe disse...

és linda como és!

vai em frente

bjs

Kleine

Lídia Borges disse...

És muito humana, sim... E, deliciosamente imperfeita!

A busca da perfeição deixa-nos exaustos e permanentemente insatisfeitos.

Um beijo meu!

De Profundis disse...

Kleine, o meu beijo sentido.
:)

De Profundis disse...

Lídia, não é possível atingir a perfeição... Ela é pertença dos deuses, não dos homens. E muitas vezes esquecemo-nos disso...
Beijo :)

H disse...

Estes são os teus melhores textos, os Post Secrets e os Cá Dentro.Não sei quais prefiro, escritos com mestria e a sensibilidade que só tu tens e consegues deixar num texto.
Um beijo, Princesa, e um óptimo fds

De Profundis disse...

Obrigada H, gentil como sempre.
Bom fds também para ti.
Beijinho