terça-feira, 1 de dezembro de 2009

Dezembro


E vai envelhecendo o ano,
friamente embalado na chuva que cai
como um lamento áspero, melancólico...
Persiste um arrepio triste e húmido
no ponteiro dos dias que correm velozes.
Saudades do sol, neste mês em que será Natal.

4 comentários:

Lídia Borges disse...

Gosto! Gosto...

Sendo Natal, o sol brilhará na decoração da alma a aquecer os dias!

Beijos!

De Profundis disse...

Lídia, quando é Natal tudo brilha... dentro e fora de nós.
Beijo

sentidos de coimbra disse...

Tu sabes, eu gosto desta época do ano. Gosto do frio, da chuva, dos dias mais pequenitos e até desta luz - que aos meus olhos não consegue entristecer-me -, mas antes namorar-me o coração! Tu sabes, também não acho que o ano envelheça, por esta altura, ao invés, ilumina-me o caminho que me leva a um novo ciclo, afinal, os anos não passam… Vivem em nós!

Beijinhos

cristina torres

De Profundis disse...

Sim, Cris, eu sei que tu gostas desta época...Que enches o coração, a casa e a vida com ela... Mas eu gosto do Natal com sol... e não consigo deixar de sentir que o fechar de mais um ano, é, afinal, como um capítulo de um livro que terminamos de ler... e que nos deixa saudades.
Um beijo