segunda-feira, 11 de fevereiro de 2008

De Profundis

11 de Fevereiro de um ano qualquer.
Foi há muito, há tanto tempo...!
Que desististe.
Mas hoje ainda me vesti de escuridão e silêncio.

3 comentários:

Manela disse...

Um abraço, querida.

sentidos de coimbra disse...

Sentada ao teu lado,
aguardo o dia nascer...!

Beijinhos
cris

Ana disse...

Tira o escuro e quebra o silêncio.Ñão o viste, na cor e brilho do céu? Ele pedia, que te vestisses de arco-íris e que cantasses a alegria!