sábado, 17 de setembro de 2011

Less is more

Os orientais têm razão, cada vez me convenço mais disto, sobretudo nestas alturas, em que à semelhança de uma alergia ou febre dos fenos tardia, sou violentamente possuída pela doença das limpezas e arrumações. E desato a abrir gavetas, armários, roupeiros, caixas abandonadas cobertas de pó, sacas com coisas religiosamente guardadas porque podem vir a ser úteis para alguma coisa... Mas depois nunca o são. Depois estão tão bem guardadas que nem sequer sei que as tenho. E percebo que encho a casa com coisas que tenho pena de perder, recordações, roupa que talvez volte a servir ou a usar-se, calçado que quem sabe, um dia deixará de me magoar... Os orientais estão certos. Preciso cada vez de menos coisas para ser feliz, cada vez compro menos e valorizo mais o que não está à venda... 
E ando irritada com tudo isto, afogada em tralha, em armários caóticos, em espaços sobrelotados que me roubam o ar para respirar... Está decidido... Vou desfazer-me de tudo o que é inútil, de tudo o que não preciso, de tudo o que está velho, gasto, partido, fora de uso, de tudo o que não gosto, me aperta e me magoa.
Depois, vou sentar-me descalça a saborear uma música, um poema, um café ou um licor doce, com a janela escancarada sobre o jardim que me trará o cheiro da relva e das flores, o canto dos pássaros, a voz do vento, ou o riso dos meus filhos...
E a seguir, talvez faça o mesmo com o coração... Também ele anda sufocado e a precisar de limpezas gerais.  

4 comentários:

Pedro Gaivota disse...

"Vamos nessa Vanessa!"
Inspiraste-me e também eu estou decidido!
Vou desfazer-me de tudo o que é inútil, de tudo o que não preciso e não uso, de tudo o que está velho, gasto,... Desta semana não passa... Vou mandar a minha sogra para o "Velhão". Está decidido!

De Profundis disse...

Faz isso sim, Pedro... Mas conserva a tua sogra, de certeza que ela merece :)

Beijo

Anónimo disse...

Não só os orientais ...os homens das montanhas também o fazem!
LC

De Profundis disse...

E fazem muito bem, L.C.

Beijo