segunda-feira, 7 de fevereiro de 2011

Asas e raízes


Dê a quem você ama, asas para voar, motivos para voltar e raízes para ficar.

Dalai Lama

12 comentários:

Lídia Borges disse...

Lindo!...
Enorme capacidade de dar, de renunciar aos desejos mais profundos e imediatos.
Seria um ser-se "quase" perfeito!

Beijinhos

Maria Campos disse...

Sábio e Sublime.

Aliás, como sempre em Dalai Lama.

Eu quero se assim, para meus filhos e marido !

Se assim for, que mais poderei quer ser ?...

Para a minha amiga, para quem espero ser motivos e raízes. Sempre...

Maria Campos

JOE ANT disse...

Depois de ficar, há que regar, alimentar, motivos para crescer,
para dar folhas e frutos, em que
aves venham pousar e comer, para ganharem forças para voar.
...
E cá vamos todos voando nesta vida...
sempre em "voarias caprichosas"

Anónimo disse...

Quem ama liberta...

Um beijo
LC

ORPHEU disse...

O Amor só faz sentido se for livre. Já diz a música, ninguém é de ninguém... mesmo quando se ama alguém.
Um post lindíssimo!

Beijos

De Profundis disse...

Eu tirava o "quase", Lídia... Seria perfeito! E ao mesmo tempo, tão difícil de alcançar pelo imperfeito ser humano.

Beijos, muitos :)

De Profundis disse...

E se por acaso algum dia fores perfeita, Maria, que farás a seguir? ... A perfeição é para os deuses... os comuns mortais vivem a vida toda tentando superar as suas imperfeições.
E sim, és motivo e és raiz... Amiga :)

Beijo

De Profundis disse...

E por vezes caímos por terra, Joe. Tantas vezes caímos por terra...

Beijinho

De Profundis disse...

Devia ser assim, LC. Mas nem sempre é...

Um beijo

De Profundis disse...

ORPHEU, quando amamos não nos pertencemos... Somos do outro, somos fragéis e sentimo-nos indefesos. Estranhamente, o Amor dá força para mover montanhas mas também rouba a coragem...

Um beijo

Henrique disse...

Magnífico...! Tudo.

Um beijo

De Profundis disse...

:)

Um beijo, Henrique.