quinta-feira, 21 de outubro de 2010

Palavras sublimes


Mas, na praia, gaivotas desenhavam,
com mil pegadas, a palavra Outono.

David Mourão-Ferreira, Os Quatro Cantos do Tempo, C.III

2 comentários:

Anónimo disse...

Um dia

sem ouvir a tua voz (ou visitar o seu blog)

é como descobrir

que o mar morreu.

David Mourão-Ferreira, citado por Pedro Gaivota

De Profundis disse...

Sem sombra de dúvidas... palavras sublimes.
Obrigada, Pedro :)

Um beijo