sábado, 2 de outubro de 2010

Nos teus olhos


Às vezes, sem tu saberes, entro para dentro dos teus olhos, à procura nem sei bem de quê...
Talvez apenas do silêncio quieto... ou da calma certeza de ter chegado a casa.

5 comentários:

AC disse...

Em busca da serenidade das águas calmas...
Lindo!

Beijo :)

Lídia Borges disse...

Que lugar tão lindo para se morar!

Um beijo

De Profundis disse...

Obrigada AC :)

Beijo

De Profundis disse...

É mesmo, Lídia :)

Bom fds, querida.

Beijo

Anónimo disse...

E eu a pensar que a coceira era conjuntivite…

Eh...

Pedro Gaivota