domingo, 12 de setembro de 2010

A posse do mar


Vou tentar explicar-te:
é como se agarrasse nas mãos
a espuma salgada das ondas
quando o meu coração
deseja afinal
possuir o fundo dos oceanos.

8 comentários:

AC disse...

Há anseios assim, que de tão profundos apenas sentimos um esboço do seu vislumbre...

Beijo :)

Sonhadora disse...

Minha querida
Muito profundo este poemas...para ler nas entrelinhas.

Beijinhos
Sonhadora

De Profundis disse...

Tens toda a razão, AC :)

Beijo

De Profundis disse...

Sonhadora, por vezes as entrelinhas dizem mais do que as palavras... :)

Beijinho

Anónimo disse...

No fundo do mar há brancos pavores...
Sophia

LeChateau

De Profundis disse...

Pois há, LC :)Mas não só...

Beijo

Lídia Borges disse...

Como dizes bem as coisas indizíveis!

Beijo meu!

De Profundis disse...

Será, Lídia?...

Um beijo :)