quarta-feira, 15 de dezembro de 2010

Da solidão


Cortaram os trigos. Agora
a minha solidão vê-se melhor.

Sophia de Mello Breyner Andresen, O nome das coisas

2 comentários:

Lídia Borges disse...

Com o fim do Verão a nostalgia de um tempo mais sombrio.

Perder, perder
Vazio o coração
Dá abrigo à solidão


Um beijo

De Profundis disse...

Um beijo, Lídia :)

Saudades... muitas.