quinta-feira, 16 de julho de 2009

Tocar as estrelas


Hoje foi o dia do meu aniversário. Temia-o, confesso. Mais um ano, mais um número, e a soma dos dias vai-se tornando áspera de dizer, enfrentada com receio e olhada de soslaio. Afinal, reparamos por fim, que o lento passar dos dias está em absoluta contradição com o correr veloz dos anos...
Mas hoje, foi um dia feliz. Ao meu lado, quase todos os que amo... e à mesa, apesar dos vários lugares vazios, cheios só de ausências que me doem, (ainda me doem...), calei a dor e sorri aos que me rodeavam, me abraçavam, me acarinhavam. Aos que me amam no deslizar dos dias, no invisível escorrer do tempo que nos arrasta para a velhice. Caminhar para a velhice é um facto inelutável. Mas hoje, este hoje feliz, passou (quase) sem sombras e afinal, confirmei-o no espelho, o meu rosto está igual a ontem, o meu corpo não mudou só porque lhe somei um ano... Afinal, eu estava enganada e não havia nada a temer. No meu hoje feliz, disse amo-te sem pudor, apertei nos meus braços os meus amores maiores, falei com o coração e com as mãos, confessei emoções e sim, deixei correr lágrimas que não me preocupei em esconder. O meu hoje feliz termina agora, com a casa revolta, deliciosamente suja e desarrumada, mas quente de amor e de aconchego... Tenho mais um ano do que ontem, é verdade. E depois? Também tenho mais serenidade e mais certezas: a de que não desistirei de tocar as estrelas, por exemplo. E quando não as vir nos céus nublados, procurá-las-ei no chão que piso, trazidas por alguma onda serena do mar da vida. Porque somos nós que acendemos as estrelas, que as pintamos de azul... E disto também tenho a certeza.

2 comentários:

rouxinol de Bernardim disse...

Por falar em aniversários! Parabéns pelo seu e... veja como foi o aniversário da D. Adosinda, com 45 anos! no meu blog...

De Profundis disse...

Rouxinol de Bernardim, obrigada.
Aceitei o seu convite e fui espreitar o aniversário da D.Adosinda. A verdade tem muitos rostos... e nem tudo o que parece, é.
Grata pela visita, volte sempre que queira.