sábado, 2 de abril de 2011

Dia Internacional do Livro Infantil


Viver não é o bastante... deve-se ter brilho, liberdade e uma pequena flor.

Hans Christian Andersen

A data que hoje se assinala, coincide com o aniversário de Hans Christian Andersen que me deu a conhecer, como nenhum outro escritor, a magia dos contos de fadas. As minhas primeiras lágrimas de leitora aconteceram com "A Menina dos Fósforos", a mais bela história que o meu coração de criança conheceu nas páginas de um livro.

4 comentários:

Lídia Borges disse...

Querida, uma flor para ti!


Beijinhos

De Profundis disse...

E uma para ti também, Lídia :)

Beijo e abraço (apertadinho!)

manuela barroso disse...

Ana,
Os nossos sonhos prolongam-se quantas vezes nos contos lidos na juventude, nas histórias contadas na infância.
Diria que felizes daqueles que guardam essas memórias! São, muitas das vezes, nelas, que estão os nossos alicerces.
Abraço
manuela

De Profundis disse...

Obrigada pela visita, Manuela :)

Um abraço