quinta-feira, 12 de agosto de 2010

Ofereço-te o Verão


Ofereço-te o Verão... como se fosse um abraço.
Não tenho mais nada para te dar...
Num abraço, colam-se dois corações
e rouba-se o perfume do outro corpo...
Assim... Como se fosse sempre Verão
por debaixo da pele.

Ofereço-te um abraço...
Aceita-o com o teu sorriso de sol
que solta ventos, que provoca ondas,
Que acende o Verão em mim.

8 comentários:

Lídia Borges disse...

Ah!... Neste registo também gosto.

É bonito!

Beijinhos

Anónimo disse...

Extraordinariamente belo....

Um abraço

LeChateau

Lua Nova disse...

Que coisa mais gostosa e doce de ler... "Aceita-o com o teu sorriso de sol que solta ventos, que provoca ondas, que acende o Verão em mim."
É tão isso que a gente sente quando vê o sorriso do homem amado e com que delicadeza vc o disse.
Você disse que é tempestade, mas também sabe ser brisa...
Muito obrigada pela visita em ambos os blogs. Que bom que vc gostou.
Beijos.

De Profundis disse...

Lídia, este é o teu registo, não o meu... mas as palavras apeteceram-me... :)

Beijo

De Profundis disse...

Obrigada, Le Chateau.

:)

De Profundis disse...

Obrigada, Lua Nova. Volte sempre :)

Beijinho

Sonhadora disse...

Simplesmente lindo.

Ofereço-te um abraço...
Aceita-o com o teu sorriso de sol
que solta ventos, que provoca ondas,
Que acende o Verão em mim.

Adorei.

Beijinhos
Sonhadora

De Profundis disse...

Obrigada pela visita, Sonhadora :)

Beijinhos