segunda-feira, 25 de junho de 2012

No colo quente da areia


Dormem na praia os barcos pescadores
Imóveis mas abrindo
Os seus olhos de estátua

Sophia de Mello Breyner Andresen

3 comentários:

Daniel C.da Silva (Lobinho) disse...

Lindo!

Mar Arável disse...

As estátuas não dormem

movem-se
muito devagar

Anónimo disse...

Dormem na praia...
Mais uns que à custa da Troika tiveram que devolver a casa ao banco...
;)