quinta-feira, 1 de fevereiro de 2018

Palavras maravilhosas

Bem podias
trazer-me uma flor,
uma fatia de lua ainda morna,
algumas notas afinadas 
de violino ou piano…
Não me saem bem os versos
sem estas coisas
reservadas aos sonhos.
Bem podias
entrar no poema, agora
antes que seja tarde
e me encontres acordada.

Lídia Borges, in Seara de Versos (http://searasdeversos.blogspot.pt/)

4 comentários:

Eros disse...

Belíssimo!

Lídia Borges disse...


É!... A Lídia tem destas coisas!:)

Obrigada por gostares.

Beijo

Anna disse...

Belíssimo, mesmo!
Um abraço, Eros :)

Anna disse...

Obrigada por teres escrito o que eu sinto...!

Beijo, Lídia :)