quinta-feira, 20 de novembro de 2014

Cá dentro


O corpo é um lugar frágil para se morar.

6 comentários:

heretico disse...

possivelmente...

vejo mais o corpo como visita. demorada...

beijo

Anna disse...

:)

AC disse...

Pois é, Anna, tivesse o corpo o lastro do pensamento...

Beijo :)

Anna disse...

Corpos com asas... Que voo bonito...

Beijo :)

Mar Arável disse...

Que vivam os pássaros

Anna disse...

E que nada, nunca, os detenha...

Abraço, Eufrázio.