domingo, 1 de dezembro de 2013

Sementes Daqui

 
Não é porque gosto muito, muito dela; não é porque somos amigas, incondicionalmente e para sempre, traga a vida o que nos trouxer; não é porque a obra necessite de publicidade; é só porque, provavelmente, Sementes Daqui, de Lídia Borges, é o melhor livro de poesia editado este ano. 

Ana Paula Mateus

6 comentários:

deep disse...

Já ouvi dizer que a sessão de apresentação correu muito bem. Já vi inclusive algumas fotos. :)
Gosto muito da poesia da Lídia.

Lídia Borges disse...


:) Não é por nada, mas estás LINDA!...

Um beijo

Anna disse...

Correu muito bem sim, Deep :)
Um beijo

Anna disse...

O mérito é do teu fotógrafo, Lídia :)

Beijo

Joaquim do Carmo (Quicas) disse...

... também estou a gostar muito do "Sementes Daqui", Ana! Parabéns pelo Prefácio! Estivemos tão perto e, lamentavelmente, não passámos do conhecimento virtual para o real... haverá mais oportunidades, espero!
Abraço

Anna disse...

Obrigada pela simpatia, Quicas :)
Espero que sim, que as voltas do mundo nos possibilitem reencontros literários.

Beijinho e um Feliz Natal!